sábado, 28 de maio de 2016

Resultados da 11ª Reunião do Hipódromo da Lagoinha - 28.05.2016

Boa noite,

Foi realizada na tarde de hoje, dia 28.05.2016, a 11ª Reunião da Temporada 2015/2016 do Hipódromo da Lagoinha. 19 animais disputaram 4 páreos, com a pista na condição de Areia Leve. Seguem os resultados:

1º Páreo - 1.000 metros - Prêmio Desenhado - Produtos de 2 e mais anos sem vitória

1 - Calouro (1) - montado por A. dos Anjos-A.4, propriedade do Stud Tigrão, criação do Haras Santa Maria de Araras, treinamento de E. Santos
2 - Innconu (3) - montado por G. Santos-A.1, propriedade do Haras El Dourado, criação do Stud  Capitão, treinamento de A. Gonçalves
3 - Audemars Piguet (6) - montado por G. Gouveia, propriedade do Stud L.F., criação do Stud Santo Antonio da Posse, treinamento de G. Gouveia.
4 - Obstinate (2) - montado por J. Divino, propriedade do Stud Seabra, criação de José Augusto Seabra Sales, treinamento de D. Brandão
5 - Mister Dourado (4) - montado por A.N. Santos, propriedade do Haras El Dourado, criação do Beverly Hills Stud, treinamento de A. Gonçalves
6 - Bolt Artax (5) - montado por W. Souza, propriedade do Stud Antoniony e Mohana, criação do Haras Truc, treinamento de E. Santos
Tempo: 1.02'93
Rateio: Vencedor (1): R$ 1,00 - Trifeta (1-3-6): R$ 5,00


Chegada do 1º Páreo

Calouro e A. dos Anjos-A.4, vencedores do 1º Páreo

Círculo dos Vencedores - Calouro

2º Páreo - 1.400 metros - Prêmio Oil Slick - Turma 1

1 - Companheiro (5) - montado por G. Santos-A.1, propriedade do Haras El Dourado, criação do Haras Anderson, treinamento de A. Gonçalves
2 - Desenhado (2) - montado por A.N. Santos, propriedade do Stud Bruno e Maxssuel, criação do Haras Santa Maria de Araras, treinamento de E. Santos
3 - Literato (3) - montado por J. Divino, propriedade do Stud Cinco Estrelas, criação do Haras São José da Serra, treinamento de S.P. Silva
4 - Menorca (4) - montada por W. Souza, propriedade do Haras El Dourado, criação da Fazenda Mondesir, treinamento de A. Gonçalves
Tempo: 1.29'06
N/C: Oil Slick (1)
Rateio: Vencedor (5): R$ 18,70 - Trifeta (5-2-3): R$ 10,00

Chegada do 2º Páreo

Companheiro e G. Santos-A.1, vencedores do 2º Páreo

Círculo dos Vencedores - Companheiro

3º Páreo - 1.200 metros - Prêmio Companheiro - Produtos de 3 e mais anos

Páreo Anulado Pela Comissão de Corridas

4º Páreo - 1.609 metros - Prêmio Honeypot - Produtos de 3 e mais anos

1 - Honeypot (4) - montada por G. Santos-A.1, propriedade do Stud Tigrão, criação da Coudelaria Jéssica, treinamento de E. Santos
2 - Savarona (6) - montado por A.N. Santos, propriedade de Nélson Alexandre e Sônia, criação do Stud Friends 4 Ever, treinamento de J.O. Custódio
3 - Raríssimo (1) - montado por J. Divino, propriedade do Stud Morato, criação do Haras Cordilheira do Sul, treinamento de D. Brandão
4 - Micro Ship (3) - montado por W. Souza, propriedade do Haras El Dourado, criação da Fazenda Mondesir, treinamento de A. Gonçalves
5 - Trude (2) - montada por G. Gouveia, propriedade do Haras El Dourado, criação de Joaquim Dias A. da Silva, treinamento de J. Fernando
Tempo: 1.45'43
N/C: Poderoso Kiko (5)
Rateio: Vencedor (4): R$ 1,10 - Trifeta (4-6-1): R$ 5,25

Chegada do 4º Páreo

Honeypot e G. Santos-A.1, vencedores do 4º Páreo

Círculo dos Vencedores - Honeypot

Destaque da Semana

Nesta 11ª Reunião ocorreram alguns fatos inusitados, mas que não tiraram o brilho dos vencedores. Polêmicas à parte, os animais cumpriram muito bem o papel que lhes compete. Foram à pista e garantiram as emoções que são a tônica do turfe. Não podem, de forma alguma, serem responsabilizados pelas atitudes tomadas pelos homens. Seria ótimo que alguns proprietários tivessem isso em conta quando resolvem criticar animais que não lhes pertencem. Existem animais que caem na graça de todos, que dão o máximo na pista e que levam troféus e medalhas para as residências de proprietários, jóqueis e treinadores. E que, por uma ironia das competições, não levam absolutamente nada para sua cocheira, onde são deixados para, em alguns casos, apenas observarem as comemorações. Mas existem também aqueles que, por mais que se dediquem e se esforcem na pista, não conseguem vencer. Não tem aquele "up" dos campeões. Mas nem por isso, deixam de ser queridos por seus proprietários. Não deixam de levar alegria àqueles que tem verdadeira paixão e devoção por este animal, mesmo que perdedor.

O valor de um animal no turfe resume-se, para alguns, ao cartel de suas vitórias. Para aqueles que visam unicamente cifras, é isso que importa em um animal. Afinal, todos querem unicamente dinheiro. Mas não podemos esquecer daquele animal que está na cocheira trazendo alegrias a seu dono pelo simples fato de ser um animal dócil, calmo, controlado, que come na mão da gente. Aquele animal que, infelizmente, não cumpre na pista o que diz seu papel. Mas que, dentro do seu intimo, traz alegrias ao seu proprietário quando permite que um filho pequeno fique sobre seu dorso. Que consegue fazer esse pequeno falar seu nome antes mesmo de falar o nome dos pais. Que faz com que a renovação do turfe seja garantida quando crianças falam seu nome e vão ao hipódromo para vê-lo, mesmo que seja apenas para lhe dar afagos. Ele está lá, sempre a postos para agradar. de uma forma ou de outra. Mesmo que não vença. Depois de sua curta carreira no turfe, ele vai para uma fazenda continuar a dar alegrias ao seu proprietário, pelas suas próprias características, onde garante a continuidade da raça Puro Sangue Inglês. São animais assim que estão construindo a fama da raça fora das pistas. Nas pistas e no circuito do turfe, o PSI é imbatível e incomparável. Fora delas, essa fama ainda está sendo construída. E são animais assim que a estão construindo.

Nosso destaque dessa semana é diferente. É vencedor? Não, não é vencedor. Apesar de um pedigree invejável, ele não correspondeu. Mas suas qualidades são invejáveis quando se trata de um animal cativante, exatamente como descrito acima. E nessa 11ª Reunião, ele retirou-se das pistas, mas não do coração de seus proprietários e nem do coração daqueles que amam o Puro Sangue Inglês, como nós do Goias Race Horses. Por tudo isso, Bolt Artax é nosso Destaque da Semana.

Bolt Artax é um macho castanho paranaense de 4 anos, de propriedade do Stud Antoniony e Mohana e criação do Haras Truc, sendo filho de Artax (USA) por Marquetry (USA) e de Especial Bela, por Torrential (USA). Seu treinamento esteve a cargo do E. Santos, e em sua despedida foi conduzido pelo jóquei W. Souza.

Nossos parabéns a todos, principalmente a Bolt Artax.

Bolt Artax, nosso Destaque da Semana

Vídeo dos Páreos




Galeria dos Homenageados


Desenhado, homenageado no 1º Páreo

Oil Slick, homenageada no 2º Páreo

Companheiro, homenageado no 3º Páreo

Honeypot, homenageada no 4º Páreo

Imagem da Semana

Coronel Boogie e G. Santos-A.1 - nossa Imagem da Semana

A próxima reunião está agendada para o dia 11.06.2016. Até lá, e abraços a todos.

Muito obrigado

Goias Race Horses

6 comentários:

  1. Muito boa a corrida sabado!Agora só falta as imagens e o video parabens pelo blog meu parceiro Armando Vieira

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a corrida sabado!Agora só falta as imagens e o video parabens pelo blog meu parceiro Armando Vieira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estão disponíveis. Abraços e muito obrigado.

      Excluir
  3. Armando em nome do Bolt Artax venho agradecer à consideração e o respeito pelo mesmo! Cada qual nasce com seu destino e com sua história... Uns vencem nas pistas outros vencem fora delas!!! O Bolt Artax servirá em minha produção onde o mesmo será reprodutor e manteremos vivo a criação e raça em nosso Estado! Fará sua despedida dia 11 de junho de 2016 onde dia 14 seguirá a fazenda! Um forte abraço e conte comigo sempre que quiser!

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado, e a recíproca é verdadeira. Pode contar sempre com a gente. Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá Muito boa a inciativa de publicar no site Raia Leve, com certeza a maior referencia para os turfistas do Brasil todo.
    Noticias do Jockey de Goiânia são sempre importante para divulgar o turfe local. Que isso se repita toda a semana, assim como faz os Hipódromos menores como Madalena e outros..abraços

    ResponderExcluir